Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
 
Artigos de opinión
Grécia: Syriza enfrenta decisões difíceis
26/01/2015Dimitris Belladis
Syriza pode se tornar uma força de contestação antineoliberal e anticapitalista, embora infelizmente esta coalizão também possa ser a base de u...
A União Europeia não existe
21/01/2015Vaz de Carvalho
A UE não existe, o que existe é um problema, uma guerra de classe contra os povos sob a designação de UE. Que democracia, que vontade do povo se...
A estratégia da tensão de dois terrorismos: o jihadista e o imperialista
21/01/2015Achille Lollo
O ataque ao semanário Charlie Hebdo alimenta uma dúplice estratégia da tensão, onde, por um lado, as células jihadistas exploram o degrado e o ...
Ucrânia e fascismo
15/01/2015Inês Zuber
A população do Donbass e os patriotas ucranianos que resistem à fascização da Ucrânia – vulgarmente conhecidos nos media dominantes por «te...
Charlie Hebdo: Uma reflexão difícil
14/01/2015Boaventura de Sousa Santos
Não estamos perante um choque de civilizações, até porque a cristã tem as mesmas raízes que a islâmica. Estamos perante um choque de fanatism...
Atalhos
14/01/2015Tariq Ali
A lógica que há por trás
09/01/2015Martín Granovsky
A CIG convoca manifestacións o 19-X contra a "involución democrática" e propón unha nova folga xeral
12/7/2012

Xesús Seixo, secretario xeral da CIG,ven de anunciar unha nova vaga mobilizatoria contra a "Involución democrática e social" que supoñen os novos recortes anunciados onte poro goberno do PP, que darán lugar o 19 de xullo a manifestacións en todas as cidades galegas, e terán continuidade na proposta de folga xeral que a CIG realiza ás restantes forzas sindicais e que "debería ter lugar en Setembro". Pola súa parte, o secretario de comunicación da CIG, Francisco Miranda Vigo, denunciou a parcialidade dos recortes, que en nengún momento cuestionan "os 27.000 millóns de euros que vai recibir o exército para mercar armamento" ou os "10.000 millóns á Igrexa", combinado coa complicidade fronte á fraude fiscal, confirmada en medidas como a amnistía aos defraudadores.

cig.prensa@galizacig.com