Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Islamofobia, o novo racismo occidental
30/09/2016Enzo Traverso
A islamofobia non é un simple sucedáneo do vello antisemitismo, as súas raíces son antigas e posúe a súa propia tradición: o colonialismo. As...
O neoliberalismo atroz e subalterno de nossos dias
30/09/2016Luis Manuel Arce Isaac
Onde a direita governa reinstala um neoliberalismo selvagem e agressivo para tentar demonstrar que seu círculo zero não ficou desequilibrado pelos...
Crise: algumas perguntas e respostas
30/09/2016Jorge Figueiredo
Para um país sair individualmente de uma crise estrutural será preciso romper com o capital monopolista e financeiro. Isso implica o repúdio da s...
Venezuela: Guerra económica ou erros do Goberno?
29/09/2016Marta Harnecker
Hoxe que Venezuela está a sufrir os embates da crise mundial do capitalismo e da guerra económica despregada contra ela, concentrando as maiores a...
Não verta lágrimas pelo capitalismo
28/09/2016Immanuel Wallerstein
Nos próximos anos, haverá melhoras que parecerão indicar que o sistema está funcionando de novo. Mesmo o nível geral de emprego, o indicador ch...
A incerteza entre o medo e a esperança
28/09/2016Boaventura de Sousa Santos
Brexit: Um giro histórico-mundial
27/09/2016Alex Callinicos
Cara a unha desdolarización da economía mundial?
27/09/2016Alfredo Serrano e Francisco Navarro
Análise da conjuntura política brasileira
23/09/2016João Pedro Stédile
Bratislava : a cimeira da mesquinhez
23/09/2016Thierry Meyssan
Opinión
30/9/2016 Enzo Traverso
A islamofobia non é un simple sucedáneo do vello antisemitismo, as súas raíces son antigas e posúe a súa propia tradición: o colonialismo. As raíces da islamofobia atópanse na memoria do longo pasado colonial de Europa e en Francia na guerra de Alxeria  Unha nova vaga de islamofobia estase a estender en Occidente. Se Donald Trump sae presidente, comprometeuse a expulsar a todos os m...
Onde a direita governa reinstala um neoliberalismo selvagem e agressivo para tentar demonstrar que seu círculo zero não ficou desequilibrado pelos governos progressistas e têm inclusive mais força que antes, o que é uma falácia  As ruas já começam a vibrar, particularmente na Argentina e no Brasil, onde a população sai em manifestações cada vez maiores para protestar contra as me...
Para um país sair individualmente de uma crise estrutural será preciso romper com o capital monopolista e financeiro. Isso implica o repúdio da sua dívida externa (pelo menos da parte odiosa), a recuperação da sua soberania monetária, o abandono de organizações imperialistas (UE, FMI, OMC...) Pode haver um capitalismo sem crises?  Não, as crises periódicas, ou crises de conjuntur...
29/9/2016 Marta Harnecker // Rebelión
20160929_venezuela.cartaz.guerra.economica.jpg
Hoxe que Venezuela está a sufrir os embates da crise mundial do capitalismo e da guerra económica despregada contra ela, concentrando as maiores agresións das forzas reaccionarias do mundo, merece toda a nosa solidariedade Lembrando o contexto en que nace 1. Cando Chávez triúnfa nas eleccións presidenciais de 1998 xa o modelo capitalista neoliberal estaba facendo augas por todas as partes....
20160928_capitalismo.crise.jpg
Nos próximos anos, haverá melhoras que parecerão indicar que o sistema está funcionando de novo. Mesmo o nível geral de emprego, o indicador chave do estado do sistema, poderá subir. Mas esta alta não poderá durar muito  Os estudiosos da economia global estão lidando com algo que têm dificuldades de explicar. Por que os preços das ações continuam subindo, quando algo chamado “...
20160928_revolution.jpg
A luta terá mais êxito, e a revolta, mais adeptos, na medida em que mais e mais gente se for dando conta de que o destino sem esperança das maiorias sem poder é causado pela esperança sem medo das minorias com poder.  Diz Espinoza que as duas emoções básicas dos seres humanos são o medo e a esperança. A incerteza é a vivência das possibilidades que emergem das múltiplas relaçõ...
cig.prensa@galizacig.com