Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Syriza, uma via para o poder do povo?
26/02/2015Éric Toussaint
A experiência demonstra que os movimentos de esquerda podem chegar ao governo mas não chegam a conquistar o poder. A democracia ou seja o exercíc...
Ucrânia, um ano depois do golpe
26/02/2015Luís Carapinha
A vida tornou-se hoje infinitamente mais difícil para a esmagadora maioria dos ucranianos, um ano após a consumação do golpe de Estado de 21-22 ...
O TTIP ou como lles venderes a alma ao demo
24/02/2015Ekaitz Cancela
O novo Tratado de Libre Comercio será un novo éxito para afianzar o sistema establecido. Un logro das multinacionais, que lonxe de se conformaren ...
TTIP: a maracutaia geopolítica dos EUA para avassalar a União Europeia
24/02/2015Achille Lollo
A “excelência” do capitalismo mundial pretende nos obrigar a conviver com o rebaixamento dos padrões de qualidade, mesmo se isso implica mais ...
Cuba/EUA: que mudanças?
24/02/2015Rémy Herrera
Aquelas e aqueles que mais uma vez imaginavam a revolução cubana derrotada deverão ainda esperar; e reflectir no facto de que o mundo está em vi...
Grécia: Claudicar ou romper
19/02/2015João Ferreira
Ucrânia: Raízes da guerra
19/02/2015Albano Nunes
Opinión
20/2/2009 Vicenç Navarro // Rebelión
A integración monetaria fíxose á conta do noso estado do benestar. E tamén á conta dunha redución da masa salarial (porcentaxe que as rendas do traballo representan de toda a renda nacional). Iso foi acompañado dun incremento exuberante das rendas do capital, e moi en especial das rendas da Banca, a cal continúa sendo unha das que mostran beneficios maiores no mundo... Vén sendo unha c...
No Fórum Social Mundial de Belém se concluiu que as alternativas ao neoliberalismo e à construção do ecossocialismo não se engendram na cabeça de intelectuais ou de programas partidários, e sim na prática social, através de lutas populares, movimentos sindicais, camponeses, indígenas, étnicos, ambientais e comunidades de base. Para gestar tais alternativas exigem-se pelo men...
Quen migra faino para mellorar a súa situación económica e política, e os empresarios benefícianse dese caudal de man de obra comparativamente máis barata que a dos países receptores. O problema das migracións non pode ser resolto dentro deste sistema, nin nos marcos estatais ou con actuacións policiais, pois é provocado pola inmensa polarización económica, social e política no mundo...
20090219_ondas-kondratieff copia
Levando em conta o contexto de crise sistêmica, há quatro esperas inúteis que florescem nos círculos de poder. A primeira, que sobredetermina as demais, é a da chegada de um quinto ciclo de Kondratieff, de uma nova prosperidade produtiva do capitalismo. A segunda se refere à chegada milagrosa de um novo keynesianismo que, portando a espada do intervencionismo estatal, cortaria a cabeça dos...
A questão é que não podemos compreender as causas da actual crise se não tivermos em conta a sua natureza sistémica. Que a crise é inerente ao modo de produção capitalista, germina dos seus limites e contradições. Que a crise é a súmula de uma acumulação de crises. Que a estagnação económica é tendencial ao sistema capitalista, entre interrupções cíclicas no processo de acumu...
20090218_venezuela.si
Uma vez mais, em dez anos, Hugo Chávez triunfou nas eleições internas. À exceção da consulta de reforma constitucional de dezembro de 2007, ele triunfou em todas as 14 eleições, presidenciais, de referendos do mandato presidencial e outras. Volta agora a triunfar. A levar a sério as versões da grande maioria – a quase totalidade da mídia privada nacional e internacional – nã...
cig.prensa@galizacig.com