Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Neoliberalismo século XXI?
21/10/2014Emir Sader
O neoliberalismo do século XX foi uma tragédia. Um neoliberalismo do século XXI seria uma nova tragédia e uma farsa. O neoliberalismo surgiu...
Orzamentos do Estado 2015
16/10/2014María do Carme García-Negro
‘Outra vaca no millo’: resumo coloquial dun orzamento que profunda na traxectoria da acción pública que foi parte activa da crise económica....
Portugal: Sair do Euro para recuperar a soberania e desenvolver o país
14/10/2014Octávio Teixeira
Só com a libertação do jugo do Euro será possível implementar uma efectiva alternativa de esquerda. Sob a ditadura do Euro, objectivamente, a ...
A terceira guerra de Iraq
14/10/2014Ignacio Ramonet
Como as dúas precedentes, e tras case vinte e cinco anos de enfrontamentos, esta nova guerra non conseguirá o seu obxectivo. Primeiro porque nunc...
Dez claves sobre os tratados de libre comercio e investimentos
10/10/2014Sol Sánchez
No caso concreto do TTIP, o proxecto apunta a tres obxectivos principais: eliminar os últimos dereitos de alfándega, reducir as barreiras non ara...
Brasil: A luta continua
10/10/2014Albano Nunes
A «receita» para o ébola
10/10/2014Maurício Miguel
Opinión
O que Israel teme não é o terrorismo e sim a independência palestina. Israel não permitirá que emerja um governo palestino soberano sobre a terra que pretende manter – e provavelmente expandir – como a sua própria. A Autoridade Palestina estava e está no bolso de Israel. O Hamas nunca será peão de Israel. Portanto, ele deve ser erradicado. Esta é a principal razão para a actual gue...
20090107_2009 copia
Todo indica que o ano 2009 será o de todos os perigos. Porque agoniza unha era, a do neoliberalismo, e comeza, ás apalpadelas, un novo paradigma. Debese tamén ser o momento de todas as oportunidades. Para empezar a edificar, por fin, un mundo mellor... "Balas para os mozos, cartos para os bancos". Este expresivo berro de ira dos amotinados de Grecia ben podería sentirse, ao lo...
dignidade
“Este é o noso bico de despedida, can!”. Isto foi o que berrou Muntazer Al Zaidi ao tempo que lanzaba os seus zapatos ao tirano mundial Bush II. Deste modo manifestou os peores insultos que pode proferir un musulmán; bater co seu calzado e chamar can a alguén. Non hai maior desprezo que o representado neses intensos segundos. Un xesto simple, graficamente perfecto, que debuxou e segu...
Neno asasinado en Gaza polo Exército israelí, o Tzahal.
Nun exercicio inescrupuloso de cinismo e brutalidade, os ministros de Relacións Exteriores da Unión Europea pediron a Hamas que cese nos seus ataques a Israel. O pobre ministro de Relacións Exteriores español, Miguel Ángel Moratinos, pediu que cesasen os ataques de Israel... e de Hamas. O 1 de setembro de 1939 soldados alemáns, disfrazados con uniformes polacos, atacaban un posto fro...
Gaza vinheta
Devido ao apoio incondicional de toda a classe política dos EUA, desde a Casa Branca até ao Congresso, incluindo ambos os partidos, responsáveis eleitos a deixarem e a ocuparem os seus cargos e todos os principais mass media impressos e electrónicos, o governo israelense não sente qualquer escrúpulo em proclamar publicamente um relato pormenorizado e gráfico da sua política de extermínio...
Gran depresion
John Maynard Keynes (1983-1946) ressurge, na imprensa brasileira, no momento, por escassas e tímidas referências de jornalistas especializados e uma ou outra citação de economistas que freqüentam as colunas dos jornais. A lembrança de Keynes está associada à imperiosa exigência de formular políticas econômicas capazes de enfrentar os principais aspectos das crises. A suposição de q...
cig.prensa@galizacig.com