Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
UE/Euro: Prisão de povos
17/07/2015Jorge Cadima
Os acontecimentos dos últimos dias são portadores de importantíssimos ensinamentos sobre a verdadeira natureza da dominação de classe, do imper...
A operação em curso – nome de código: Grécia
10/07/2015Vaz de Carvalho
Contrariamente às ilusões europeístas o sistema é incapaz de resolver os problemas provocados pela financeirização da economia a favor do rent...
Aprofundamento da União Económica e Monetária Europeia – ensaio sobre a cegueira
10/07/2015Miguel Viegas
Em traços gerais, este relatório dos cinco presidentes aponta para o reforço dos pilares neoliberal e federalista da UE. Podando o discurso dos h...
Grécia – a força do povo
10/07/2015Ângelo Alves
O povo grego emitiu uma opinião muito «simples» e clara. Quer mandar no seu próprio devir colectivo. Entende que o seu país é o seu povo e nã...
Uma guerra de classe
10/07/2015Filipe Diniz
A UE conduz uma guerra. Descrever essa guerra como uma guerra que opõe países ricos e países pobres não ajuda a entender a sua natureza. É uma ...
O caldeirão grego
03/07/2015Luís Carapinha
Ucrânia, o fascismo galopante
25/06/2015Raúl Antonio Capote
O contra-senso comum
25/06/2015Boaventura de Sousa Santos
Opinión
30/4/2015 Albano Nunes // Avante
20150430_lampedusa.naufraxio
São seres humanos que fogem do inferno em que o sistema capitalista em crise e as guerras de agressão imperialistas está a transformar vastas regiões do mundo. Como no Afeganistão, no Iraque, na Líbia, na Síria, no Iémen e na martirizada Palestina. É aqui que residem as causas profundas da tragédia do Mediterrâneo  Depois da tragédia de Lampedusa que em Setembro de 2013 sobressal...
Hoje são milhares de homens jovens, mulheres e crianças, que o mar tragou. Um mar cujas ondas vão e vêm entre África e Europa, testemunhas silenciosas do genocídio capitalista, lambendo as praias dos países saqueados e também aquelas praias que são as portas do cinismo mais absoluto  O recente naufrágio em que mais de 900 migrantes africanos perderam a vida no estreito da Sicília ...
No mundo moderno, afora as causas naturais, as migrações são provocadas pelos movimentos de expansão do capital. Quanto mais o capital desorganiza uma localidade pela desmobilização de sua produção original, quanto maior os efeitos sobre os trabalhadores e suas famílias. Quanto mais numerosa a migração para outra localidade em busca de oportunidades de trabalho  Recentes episódio...
A Cimeira das Américas mostrou os sinais não apenas de um subcontinente em mudança, mas de mudanças que têm já significativa expressão institucional, tal como a têm na luta dos povos. Na cimeira, ao fim do isolamento de Cuba correspondeu uma redução do espaço político de manobra dos EUA.  Mas a dominação e agressão imperialista – política, económica, financeira, militar, ...
23/4/2015 Txisko Fernández // CADTM
Se en Grecia o Goberno elixido democraticamente cun programa de ruptura coa austeridade logra garantir á súa cidadanía o restablecemento dos dereitos humanos fundamentais, enfrontándose ás autoridades europeas e aos acredores, sería un exemplo extraordinario para a UE e para os pobos de Europa - Cal é o mandato que lles deu o Parlamento grego?  A decisión tomada por Grecia de consti...
20150421_stop.ttip
A aprobación do TTIP pode supoñer que os xa cativos dereitos sociolaborais adquiridos tras séculos de loita se perdan de golpe, xa que os EUA non recoñecen o mesmo salario polo mesmo traballo, os permisos de maternidade e paternidade, o permiso de lactación, entre outras moitas cuestións que afectan en maior medida ás mulleres traballadoras que aos homes  Polo pouco que está a transce...
cig.prensa@galizacig.com