Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Um olhar sobre o Brexit
01/07/2016João Ferreira
A ausência ou debilidade de projectos de ruptura pela esquerda com a UE constitui um perigo capaz de comportar consequências potencialmente trági...
Brasil: O golpismo contra-ataca
30/06/2016Emir Sader
A incapacidade de iniciativa política da luta contra o golpe, que combine mobilizações populares com proposta política viável no curto prazo, ...
Porque os britânicos disseram não à Europa
28/06/2016John Pilger
O voto maioritário dos britânicos a favor do abandono da União Europeia foi um acto de democracia pura. Milhões de pessoas comuns recusaram-se a...
UE: Os dias contados
28/06/2016Jorge Bateira
Tendo em conta que as políticas da UE não serão alteradas no essencial, já que isso é do interesse das elites alemãs e da tecno-burocracia de ...
O referendo inglês: o irrecusável "não", suas perspectivas e riscos
28/06/2016Haroldo Lima
A UE frustrou a esperança de vida de grande parte da gente que dizia unir. O bem-estar foi substituído pela "austeridade". E as reações se este...
O direito soberano de decidir
23/06/2016João Pimenta Lopes
capitalismo
A entrada en vigor do TiSA produciría, do mesmo xeito que no caso do CETA ou do TTIP, a estabilización dun nivel determinado de privatización que non sería reversíbel, de xeito tal que un futuro goberno que desexase ampliar os servizos públicos se vería impedido polos compromisos contidos neses tratados  Transportes, telecomunicacións, construción, ensino, sanidade ou saúde e por s...
17/2/2016 Emir Sader // Página 12
20160216_crise.2008.jpg
A crise actual na economía internacional, iniciada en 2008 no centro do sistema capitalista, non ten prazo para rematar. Xera desconcerto, esgotamento de argumentos e fórmulas, taxas de xuros negativas e taxas de xuros estratosféricas -ninguén sabe máis como reaccionar, nada se resolve-. É xa coma se a crise recesiva estivese naturalizada.  Porque en verdade non se trata dunha crise co...
Na letra pequena do TTIP  aparece a introdución da claúsula ISDS de resolución de conflitos entre Investidor e Estado nos acordos, cláusula que limita seriamente a capacidade dos Estados para loitar contra a crise financeira e económica  A comezos do 2013 comezou a súa singradura o chamado Tratado Transatlántico de Comercio e Investimento (TTIP polas súas siglas en inglés) co o...
16/2/2016 Filipe Diniz // Avante
A limitação do horário de trabalho está presente em cada avanço histórico. E a cada retrocesso reaccionário é um dos primeiros alvos a destruir. Para intensificar a exploração, sem dúvida  Em 1866 a 1.ª Internacional, no Congresso de Genebra, consagra a reivindicação das 8 horas de trabalho diário. O Congresso Operário americano, que decorreu em simultâneo, aprova idêntica ...
As elites alemãs e europeias não estão de modo algum interessadas em criar uma sociedade homogeneizada na qual os imigrantes e a população existente se misturem e fundam as suas respectivas culturas  Há muitas razões para a inundação de refugiados na Alemanha, mas elas devem-se basicamente às guerras perpetradas pelo "Ocidente". No entanto, apesar das aparências, as elites políti...
20160127_xefe.jpg
O grupo de comunicación Atresmedia, que conta entre as súas cadeas co canle de referencia da progresía española “La Sexta”, emite un programa norteamericano chamado “El Jefe”, no que un dirixente empresarial se infiltra na súa propia empresa e vive durante uns días a experiencia de ser un traballador.  Hai moito que os problemas laborais e os conflitos que protagoniza a clase ...
20/1/2016 Samir Amin
20160120_imperialism.jpg
A ofensiva actual do imperialismo colectivo dos Estados Unidos/Unión Europea/Xapón contra todos os pobos do Sur descansa sobre dous alicerces: o alicerce económico (o neoliberalismo globalizado ao que son obrigados como a única política económica posíbel) e o alicerce político (continuas intervencións, incluídas guerras preventivas contra quen rexeita as intervencións imperialistas) Le...
cig.prensa@galizacig.com