Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Cara a unha Terceira Guerra Mundial?
18/12/2014Atilio A. Boron
A historia apréndenos que todas as transicións xeopolíticas globais -e estamos inmersas nunha delas- estiveron acompañadas por grandes guerras ...
NATO: Perigo para a paz mundial
18/12/2014Immanuel Wallerstein
A NATO e o que ela simboliza hoje representa um perigo severo devido à reivindicação dos países ocidentais do direito de interferir em qualquer ...
Capitalismo e corrupção
18/12/2014Albano Nunes
A corrupção é sistémica. É algo inerente ao funcionamento do sistema capitalista. Não se toca nos offshore nem se avança sequer na taxação ...
A crise xaponesa e nós
17/12/2014Albert Recio Andreu
Nas economías capitalistas sempre que existe estancamento económico se traduce en paro masivo, expansión da pobreza e variedade de sufrimentos hu...
O Tratado Transatlántico de Comercio e Investimentos (TTIP) e a arquitectura da impunidade
15/12/2014Juan Hernández Zubizarreta
Co TTIP procédese á harmonización normativa á baixa; é dicir, se o control financeiro é máis estrito en EEUU, harmonizar tendo en conta a reg...
A terceira guerra mundial
15/12/2014Boaventura de Sousa Santos
A importância do "Económico"
15/12/2014Prabhat Patnaik
O irrespirável ar da América
11/12/2014António Santos
capitalismo
que esta sentença faz é tornar impossível no futuro qualquer reestruturação de dívida. Mesmo que a esmagadora maioria dos credores esteja desejosa de aceitar uma reestruturação, qualquer minúsculo grupo de credores recalcitrantes que exijam pagamento pleno pode mencionar esta sentença e torpedear tal reestruturação O que está a acontecer à dívida da Argentina neste momento é inst...
A transformação ocorrida nos países do antigo socialismo e a consolidação da hegemonia do ideário neoliberal permitiram a cristalização do poder dessa nova ordem econômico-financeira em escala planetária. Os espaços nas organizações multilaterais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Mundial (BM), a Organização Mundial do Comércio (OMC), a União Européia (UE), entr...
13/8/2014 Vicenç Navarro
Acreditar en que a clase traballadora desapareceu, ou que se transformou en clase media, é un erro científico e político enorme. En realidade, o que estamos vendo hoxe é o que no seu día se chamou a proletarización das clases medias Tras ter que me ir do Estado español no ano 1962 por razóns políticas, vivín en moitos países (Suecia, Reino Unido e EEUU), tendo traballado neste último d...
20140812_money.dollar.jpeg
A mais recente “financeirização do capitalismo” cumpriu um papel decisivo na gigantesca acumulação de poder do estado norte-americano, das duas últimas décadas do século XX A decisão norte-americana de romper com o acordo de Bretton Woods, e de desregular seus mercados financeiros, tomada na década de 70, junto com a Inglaterra, provocou um efeito em cadeia, nos demais mercados do...
6/8/2014 Isidro López // Diagonal
En termos políticos, en ausencia de crecemento, o que queda é a desposesión permanente, o saqueo institucionalizado da riqueza social para poñela ao servizo das elites económicas. Os políticos de medio mundo, nomeadamente dos países centrais, perden totalmente o sentido da situación en que está a economía global para anunciar a recuperación aos catro ventos, no mellor estilo chamaníst...
17/6/2014 Umberto Martins // Vermelho
A crise vem sendo usada como pretexto pelos capitalistas para retirar direitos e reduzir a participação da classe trabalhadora na renda que eles próprios produzem e da qual acabam alienados em função da forma com que o capital organiza e dirige o processo de produção e distribuição da riqueza O sistema capitalista internacional ainda não logrou superar a crise iniciada no final de 2007 ...
Os documentos da troika são insultos à dignidade do país e do seu povo. As políticas da troika são o programa das políticas de direita: Portugal ser um país cada vez mais subdesenvolvido. Os próprios avanços tecnológicos em certas atividades, subsistem na base com baixos salários e precariedade. Mesmo isto a troika acha que é demais. Se os povos da Europa não se levantarem, os bancos ...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com