Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Entrevista com Noam Chomsky: “Há uma resistência muito significativa contra o assalto neoliberal”
03/03/2015Miguel Mora
A Europa é hoje uma das maiores vítimas dessas políticas económicas de loucos, que somam austeridade à recessão. Até o FMI diz que já não f...
Tentativa golpista contra Venezuela
03/03/2015Ignacio Ramonet
Esta vez, o golpe íase a executar en catro fases. A primeira comezou a principios do mes de xaneiro de 2015, cando o presidente Maduro realizaba un...
Acerca de negociações: lições do caso Syriza
02/03/2015Vaz de Carvalho
A UE tem os povos presos nas grilhetas do endividamento e do euro. Esta situação só será alterada pela resistência popular. O caso grego mostro...
Venezuela: Estados Unidos acelera o golpe
27/02/2015Ángel Guerra Cabrera
O golpismo intensificouse sobre todo a partir da elección do presidente Maduro en abril de 2013. Washington e as oligarquías decidiron botar toda ...
A goleada sofrida pelo Syriza nas negociações da UE
27/02/2015Richard Seymour
As classes dominantes da UE também “ganharam tempo”, e elas dispõem dos recursos e estão ao ataque, enquanto o Syriza recuou. Não há motivo...
Grécia: os próximos quatro meses
27/02/2015Michael Roberts
Syriza, uma via para o poder do povo?
26/02/2015Éric Toussaint
Ucrânia, um ano depois do golpe
26/02/2015Luís Carapinha
capitalismo
A esquerda europea debería aprender da esquerda latinoamericana, que rexeitou calquera tipo de integración económica con Estados Unidos en forma de proxecto imperialista, e rexeitar totalmente a integración da UE, polo feito de ser un proxecto alemán e das grandes empresas Como seguro xa sabedes, as duras medidas de austeridade en Grecia comezaron hai catro anos, en maio de 2010. Medio ano a...
19/8/2014 Éric Toussaint // CADTM
A injustiça com que o povo grego é tratado (assim como outros povos cujas autoridades seguem as recomendações da troika) deve despertar a consciência de parte da opinião pública. Mas não tenhamos ilusões, as razões que levaram as potências ocidentais a tratarem a Alemanha Ocidental como trataram, depois da Segunda Guerra Mundial, não se colocam no caso da Grécia Os Estados Unidos pro...
que esta sentença faz é tornar impossível no futuro qualquer reestruturação de dívida. Mesmo que a esmagadora maioria dos credores esteja desejosa de aceitar uma reestruturação, qualquer minúsculo grupo de credores recalcitrantes que exijam pagamento pleno pode mencionar esta sentença e torpedear tal reestruturação O que está a acontecer à dívida da Argentina neste momento é inst...
A transformação ocorrida nos países do antigo socialismo e a consolidação da hegemonia do ideário neoliberal permitiram a cristalização do poder dessa nova ordem econômico-financeira em escala planetária. Os espaços nas organizações multilaterais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Mundial (BM), a Organização Mundial do Comércio (OMC), a União Européia (UE), entr...
13/8/2014 Vicenç Navarro
Acreditar en que a clase traballadora desapareceu, ou que se transformou en clase media, é un erro científico e político enorme. En realidade, o que estamos vendo hoxe é o que no seu día se chamou a proletarización das clases medias Tras ter que me ir do Estado español no ano 1962 por razóns políticas, vivín en moitos países (Suecia, Reino Unido e EEUU), tendo traballado neste último d...
20140812_money.dollar.jpeg
A mais recente “financeirização do capitalismo” cumpriu um papel decisivo na gigantesca acumulação de poder do estado norte-americano, das duas últimas décadas do século XX A decisão norte-americana de romper com o acordo de Bretton Woods, e de desregular seus mercados financeiros, tomada na década de 70, junto com a Inglaterra, provocou um efeito em cadeia, nos demais mercados do...
6/8/2014 Isidro López // Diagonal
En termos políticos, en ausencia de crecemento, o que queda é a desposesión permanente, o saqueo institucionalizado da riqueza social para poñela ao servizo das elites económicas. Os políticos de medio mundo, nomeadamente dos países centrais, perden totalmente o sentido da situación en que está a economía global para anunciar a recuperación aos catro ventos, no mellor estilo chamaníst...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com