Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
TTIP, UE e EUA: Golpe transnacional contra a soberanía popular
19/09/2014Gonzalo Fernández Ortiz de Zárate e Juan Hernández Zubizarreta
O TTIP vai alterar as regras de xogo que coñecemos en Europa, xerando unha estrutura político-xurídica que entroniza definitivamente o ánimo de...
O Califado contra o resto do mundo
19/09/2014Immanuel Wallerstein
A menos que o Califado desmorone no futuro próximo (o que parece muito improvável), este esforço militar irá em breve expor uma vez mais os lim...
A luta pela paz
19/09/2014Ilda Figueiredo
A loucura da guerra é uma ameaça cada vez maior sobre os povos do Mundo, incluindo da Europa, como dramaticamente se vê todos os dias nas afirma...
Galiza diante da encrucillada soberanista. [A 81 anos do IX Congreso das Nacionalidades Europeas]
17/09/2014Uxío Breogán Diéguez
Sen dúbida algunha, a cuestión nacional volve estar de actualidade (se é que nalgunha ocasión deixou de estalo). O proceso soberanista escoc...
Escócia: A economia e a independência
17/09/2014James Foley e Pete Ramand
A Escócia tem os recursos físicos para liderar a nova revolução energética, com um quarto do vento da Europa e do potencial das marés, e um d...
Alucinações bélicas
15/09/2014Jorge Cadima
Unión Europea
A natureza de classe da União Europeia é cada vez mais evidente. Sendo um processo histórico de resposta do capitalismo europeu às crises cíclicas que atravessa e um elemento da concertação/rivalidade do capital ao nível europeu, estamos perante um instrumento de classe efectivo na ofensiva contra o trabalho, que cria constrangimentos à luta dos trabalhadores e dos povos. Um instrumento c...
A União Europeia é um barco à deriva no qual não há acordo sequer sobre o tipo de salva-vidas a usar em caso de naufrágio. Na reunião dos ministros de finanças europeus, em Dublin, ficou claro que Chipre terá que se virar como puder com sua crise e que o esforço se concentrará em evitar o contágio sem que se avance um centímetro na questão central do problema: o crescimento econômic...
12/3/2013 Éric Toussaint // CADTM
O patronato que orienta as ações dos governos quer levar a cabo a maior ofensiva à escala europeia contra os direitos económicos e sociais conquistados após a Segunda Guerra Mundial. Desse ponto de vista, as políticas implementadas nos últimos anos foram bem sucedidas. Com as políticas de austeridade que aumentam o desemprego conseguiram aumentar ainda mais a precariedade dos trabalhadores...
Desde 2003 que a UE tem estado envolvida em missões militares em mais de 19 países de três continentes: Bósnia, Macedónia, Ucrânia, Moldóvia, Geórgia, Palestina, Kosovo, Guiné-Bissau, Somália, Sudão, Chade, República Central Africana, República Democrática do Congo, Uganda, Líbia, Iraque, Indonésia, Afeganistão e Mali.  Desde a sua origem que a UE foi, pelo menos em parte, u...
24/1/2013 Maurício Miguel // Avante
As contradições entre as principais potências da UE agudizam-se. O braço de ferro entre elas acentua-se. Neste período de aprofundamento da crise na e da UE, o processo de concertação e rivalidade entre elas eleva-se a um patamar superior. Os mais recentes desenvolvimentos na zona euro, o plano de «reforçar» a União Económica e Monetária (UEM) e a discussão sobre o quadro financeiro ...
10/1/2013 João Ferreira // Avante
Diz o Tratado – e quer a troika colaboracionista que passe a dizer também o ordenamento jurídico nacional – que quando a dívida pública ultrapassar os 60 por cento do PIB, o país fica obrigado a reduzi-la a uma taxa média de um vigésimo por ano. Pretende-se assim manter ou mesmo intensificar o processo de extorsão de recursos nacionais, garantindo a sua canalização para os detentores...
O endurecemento das condicións para pedir empréstitos e a vaga de leis europeas que prescriben as políticas neoliberais desencadearon un ataque sen precedentes no estado do benestar e a democracia en Europa. Pode a situación ir aínda a peor? Atendendo ás propostas de unión fiscal e maior integración económica, parece claramente que si.  Desde o estourido da crise en Europa en 2010, ...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com