Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Os bancos centrais da tríade, entre guerras e crises
19/12/2014Ariel Noyola Rodríguez
A autonomía dos bancos centrais, imposta durante a década de 1990 polo capitalismo neoliberal, vinculou de xeito decisivo o apoio estatal á moeda...
Cara a unha Terceira Guerra Mundial?
18/12/2014Atilio A. Boron
A historia apréndenos que todas as transicións xeopolíticas globais -e estamos inmersas nunha delas- estiveron acompañadas por grandes guerras ...
NATO: Perigo para a paz mundial
18/12/2014Immanuel Wallerstein
A NATO e o que ela simboliza hoje representa um perigo severo devido à reivindicação dos países ocidentais do direito de interferir em qualquer ...
Capitalismo e corrupção
18/12/2014Albano Nunes
A corrupção é sistémica. É algo inerente ao funcionamento do sistema capitalista. Não se toca nos offshore nem se avança sequer na taxação ...
A crise xaponesa e nós
17/12/2014Albert Recio Andreu
Nas economías capitalistas sempre que existe estancamento económico se traduce en paro masivo, expansión da pobreza e variedade de sufrimentos hu...
A terceira guerra mundial
15/12/2014Boaventura de Sousa Santos
A importância do "Económico"
15/12/2014Prabhat Patnaik
Unión Europea
5/11/2013 Vicenç Navarro
É urxente que se abra un debate no Estado español sobre o mérito ou demérito de saír do euro. Neste aspecto, é criticábel que apenas exista debate sobre este tema. Mesmo en amplos sectores de esquerda apenas aparecen artigos que cuestionen a permanencia do Estado español no euro. A aplicación das políticas neoliberais promovidas pola Troika (o Fondo Monetario Internacional, FMI, a Comis...
A zona em que o Euro foi imposto como moeda única hoje está claramente em dificuldade profunda, ameaçadora, provocando entre as populações inquietações gravosas. Generaliza-se a exigência de nos desembaraçarmos do fardo de pressões associados ao Euro.  Chegou o momento de olhar de frente as causas desta situação. Estas ultrapassam amplamente as origens que são geralmente admitid...
Tanto a natureza conservadora e não democrática da UE como o papel imperial da Alemanha tornaram-se perfeitamente claros desde o irromper da crise da eurozona três anos atrás, quando a Grécia, com seu elevado défice orçamental e dívida pública inchada, foi excluída dos mercados internacionais de crédito procurou refúgio num acordo intermediado pela UE e o Fundo Monetário Internacional...
18/10/2013 Ângelo Alves // Avante
A forma como a UE olha para os imigrantes é um dos exemplos mais gritantes e as notícias da semana passada da morte de centenas de seres humanos no Mediterrâneo ao largo de Lampedusa são a prova de uma autêntica guerra contra gente que foge da pobreza, da fome, ou da guerra (fomentada e levada a cabo pela própria UE), como é o caso dos refugiados e imigrantes oriundos da Líbia.  Trê...
Dar uma mão a um semelhante é um delito. A Europa naufraga com os náufragos africanos. A União Europeia não tem um plano, nem critérios comuns. A única coisa que tira da manga são medidas de repressão preventivas que consistem em afastar os migrantes.  As máscaras do bem caem como maquiagem escorrida pela chuva. Atrás delas aparece o horripilante rosto de uma verdade oculta no pap...
4/6/2013 Vidal Aragonés
Do mesmo xeito que as institucións da Unión Europea impuxeron un determinado modelo social a través da limitación do déficit público, pretenden agora un sistema social de relacións laborais precarias.  Nas últimas semanas, a Comisión Europea e o comisario de Emprego fixeron unha serie de «recomendacións» ao Estado español que supoñen a solicitude da enésima contrarreforma labo...
A questão que deve ser colocada não é se devemos ou não sair do euro, porque essa é uma necessidade objectiva. E quanto mais tempo se perder a tomar a decisão mais se degradará a situação do país. A questão a colocar é a de como sair do euro, tão cedo quanto possível, e preparar essa saída para limitar os efeitos negativos. 1. A crise e as opções possíveis A grave crise do paí...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com