Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
A era das guerras imperiais (Das guerras regionais, às "mudança de regime" e à guerra global)
31/08/2015James Petras
Milhões de refugiados de guerra escapam rumo à segurança na Europa Ocidental, juntando-se aos milhões de refugiados económicos que fugiram da p...
UE/Euro: Prisão de povos
17/07/2015Jorge Cadima
Os acontecimentos dos últimos dias são portadores de importantíssimos ensinamentos sobre a verdadeira natureza da dominação de classe, do imper...
A operação em curso – nome de código: Grécia
10/07/2015Vaz de Carvalho
Contrariamente às ilusões europeístas o sistema é incapaz de resolver os problemas provocados pela financeirização da economia a favor do rent...
Aprofundamento da União Económica e Monetária Europeia – ensaio sobre a cegueira
10/07/2015Miguel Viegas
Em traços gerais, este relatório dos cinco presidentes aponta para o reforço dos pilares neoliberal e federalista da UE. Podando o discurso dos h...
Grécia – a força do povo
10/07/2015Ângelo Alves
O povo grego emitiu uma opinião muito «simples» e clara. Quer mandar no seu próprio devir colectivo. Entende que o seu país é o seu povo e nã...
Uma guerra de classe
10/07/2015Filipe Diniz
O caldeirão grego
03/07/2015Luís Carapinha
Ucrânia, o fascismo galopante
25/06/2015Raúl Antonio Capote
Europa
20150731_refuxiados
Milhões de refugiados de guerra escapam rumo à segurança na Europa Ocidental, juntando-se aos milhões de refugiados económicos que fugiram da privação do mercado livre na Lituânia, Letónia, Estónia, Bulgária, Roménia, Polónia, Balcãs e outros satélites da UE.  Começa o pânico entre a população civil da Europa Ocidental quando centenas de milhares cruzam o Mediterrâneo, o E...
3/7/2015 Alfredo Serrano
A democracia participativa non ten cabida na economía dos expertos. Velaquí a cuestión: a economía deseñada por uns poucos a favor duns poucos fronte á política que consulta aos seus cidadáns. Son dous modelos antagónicos  O de votar senta mal aos demócratas na Europa do Euro. Permitir ao pobo grego que sexa quen decida acerca do seu propio destino é unha gran preocupación para o...
3/7/2015 Luís Carapinha // Avante
A solução dos problemas do povo grego só pode ser alcançada no caminho da afirmação da soberania e da ruptura com o diktat e os mecanismos de asfixia da UE, FMI e BCE  Os desenvolvimentos em torno da Grécia sucedem-se a ritmo acelerado numa situação instável, atreita a piruetas e reviravoltas súbitas, cujo desfecho próximo permanece incerto. No momento em que se confirma o não p...
Na Ucrânia se trava uma grande batalha contra o fascismo, o triunfo das forças obscuras deixaria aberta a via da opção fascista, nunca descartada, para a prevalência do capitalismo no século XXI  Após vários dias de violentos enfrentamentos, centenas de mortos e feridos, destruição e ódio, uma vez alcançado o propósito de derrubar o governo ucraniano, o idealizador do Golpe Suav...
20150625_europa.esgazada.jpeg
O modo como a crise financeira da Europa do Sul tem sido "resolvida", o vasto cemitério líquido em que se transformou o Mediterrâneo, o crescimento da extrema-direita em vários países da Europa são o desmentido dos valores europeus  Em 1926, o poeta irlandês W.B. Yeats lamentava: "Falta convicção aos melhores enquanto os piores estão cheios de apaixonada intensidade". Esta afirmaç...
8/5/2015 Luís Carapinha // Avante
Cumpriu-se o primeiro aniversário dos sangrentos acontecimentos de 2 de Maio em Odessa que culminaram com o incêndio e a chacina na Casa dos Sindicatos, ceifando a vida de mais de 40 antifascistas ucranianos.  A funesta data foi assinalada sob mordaça e forte aparato militar na cidade herói do Mar Negro, de reconhecidas tradições revolucionárias – por ali passou a revolução russa...
20150508_grecia.protesta
A Grécia foi admitida na zona do euro em 2000, supostamente por ter alcançado as exigências formais para isso. Quando, depois de 2008, a dívida do governo aumentou muito e o país passou a correr o risco de não poder pagá-la, foi-lhe oferecido um “pacote de resgate” por instituições estrangeiras, para que o governo fosse capaz de pagar suas dívidas  De onde quer que se olhe, o q...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com