Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
TTIP, UE e EUA: Golpe transnacional contra a soberanía popular
19/09/2014Gonzalo Fernández Ortiz de Zárate e Juan Hernández Zubizarreta
O TTIP vai alterar as regras de xogo que coñecemos en Europa, xerando unha estrutura político-xurídica que entroniza definitivamente o ánimo de...
O Califado contra o resto do mundo
19/09/2014Immanuel Wallerstein
A menos que o Califado desmorone no futuro próximo (o que parece muito improvável), este esforço militar irá em breve expor uma vez mais os lim...
A luta pela paz
19/09/2014Ilda Figueiredo
A loucura da guerra é uma ameaça cada vez maior sobre os povos do Mundo, incluindo da Europa, como dramaticamente se vê todos os dias nas afirma...
Galiza diante da encrucillada soberanista. [A 81 anos do IX Congreso das Nacionalidades Europeas]
17/09/2014Uxío Breogán Diéguez
Sen dúbida algunha, a cuestión nacional volve estar de actualidade (se é que nalgunha ocasión deixou de estalo). O proceso soberanista escoc...
Escócia: A economia e a independência
17/09/2014James Foley e Pete Ramand
A Escócia tem os recursos físicos para liderar a nova revolução energética, com um quarto do vento da Europa e do potencial das marés, e um d...
Alucinações bélicas
15/09/2014Jorge Cadima
Europa
O TTIP vai alterar as regras de xogo que coñecemos en Europa, xerando unha estrutura político-xurídica que entroniza definitivamente o ánimo de lucro como principio forte e as grandes empresas transnacionais como axente político prioritario, marxinando os principios básicos da soberanía popular e socavando o marco internacional de dereitos humanos Ao longo de xullo celebrouse en Bruxelas ...
11/9/2014 Tariq Ali // Esquerda
20140911_escocia.independencia.jpg
O notável crescimento do movimento pró-independência é o resultado do desmantelamento do Estado Social feito por Thatcher, com os aplausos e a continuação da sua obra destruidora feita por Blair-Brown A Escócia é uma nação desde há muito tempo. Em breve saberemos se os seus cidadãos desejam agora que a nação se converta num Estado. Espero que o façam. Não só serão abertas novas...
20140905_europa.eeuu-presidentes.jpg
Num mundo submetido à doutrina de Washington da guerra permanente, a Europa afasta-se da única via que a poderia manter fora de uma crise permanente: a coexistência pacífica. Os ultra de Washington e os lambe botas da Europa escolheram as sanções em vez de comércio e a destruição em vez de prosperidade A Administração Obama pressionou activamente a Europa para impor duras sanções à ...
5/9/2014 João Camargo // Esquerda
O Tratado Transatlântico cria o mecanismo de “Resolução de Litígios entre os Investidores eo Estado” (ISDS) , que, não sendo um tribunal, decidirá sempre que uma empresa processar um Estado por pôr em causa ganhos futuros Imagina um documento, desconhecido pela maioria da população da União Europeia e dos Estados Unidos, que substituía as leis nacionais e comunitárias de uma só v...
Se o goberno de Hollande decide manter a austeridade fiscal e a contracción salarial, a debacle electoral do Partido Socialista francés sería inminente e o ascenso ao poder da extrema dereita podería concretarse en breve co apoio de grandes grupos empresariais A cúpula europea sostén que o aumento da incerteza económica na rexión deriva fundamentalmente da inestabilidade xeopolítica en U...
29/8/2014 Éric Toussaint // Esquerda
A partir de 2007, os governos e os bancos centrais dos países ocidentais mais industrializados, mergulhados na maior crise económica desde os anos trinta, deram prioridade absoluta ao resgate dos bancos privados e ao sistema financeiro que os rodeia. O resgate dos bancos é feito à custa da esmagadora maioria da população (os 99%) A Fed compra massivamente aos bancos norte-americanos produto...
A insurreição não será esmagada militarmente. Deste ponto de vista, a insurreição venceu. Kiev não dispõe mais de reservas suficientes para retomar a ofensiva A situação militar continua a evoluir a favor dos insurrectos, tal como o descrevem agora múltiplas fontes, tanto ocidentais como dos insurrectos . A situação militar pode ser interpretada como se segue: (a) Ao sul de DONETS...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com