Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Nova lei anti folga dos conservadores na Gran Bretaña
29/01/2016Clodomiro Montero e Luciano Luxilde
O goberno de David Cameron, aliado e amigo do Rajoy, defende unha nova lei que restrinxe gravemente a liberdade sindical, nomeadamente o dereito de ...
“El Jefe”, retrato da precariedade laboral nos USA
27/01/2016Clodomiro Montero M.
O grupo de comunicación Atresmedia, que conta entre as súas cadeas co canle de referencia da progresía española “La Sexta”, emite un programa...
O imperialismo contemporáneo
20/01/2016Samir Amin
A ofensiva actual do imperialismo colectivo dos Estados Unidos/Unión Europea/Xapón contra todos os pobos do Sur descansa sobre dous alicerces: o ...
25 anos da guerra que marcou o início da "nova ordem"
19/01/2016Manlio Dinucci
Com a guerra do Golfo nasceu a estratégia que conduziu a guerras sucessivas sob o comando estadunidense, apresentadas como “operações humanitá...
Arxentina, Venezuela e a loita de clases
18/01/2016Ángel Guerra Cabrera
Os erros e insuficiencias do chavismo e o kirchnerismo son moito menos importantes que os seus acertos e logros. De xeito que na súa derrota electo...
Os BRICS: unha fábula do noso tempo
15/01/2016Immanuel Wallerstein
A década da Bolívia
15/01/2016Luís Carapinha
Retorno a escenarios de recesión no 2016
12/01/2016Germán Gorraiz Lopez
Brasil
20151021_brasil.mobilizaciongolpe.jpg
Há um modelo de desenvolvimento econômico com distribuição de renda aprovado em quatro eleições sucessivas pela maioria da população, mas que se choca com a oposição dos que possuem o grande capital  A política brasileira parece girar em torno de um labirinto desde praticamente o fim do segundo turno das eleições presidenciais. Um governo inerte diante da situação econômica e...
20150921_mani.esquerda.brasil
Sem uma virada no plano econômico, o governo não terá mínimas condições de enfrentar a crise política, que se expressa na ofensiva permanente sobre ele  Na crise atual se cruzam razões de fundo, herdadas dos governos neoliberais, e questões que os governos do PT não souberam superar e que agora os afetam de maneira profunda.  Entre as razões estruturais estão a desindustria...
23/3/2015 Luís Carapinha // Avante
O imperialismo joga forte na desestabilização do Brasil. Não esquece o papel desempenhado por Brasília na dinâmica dos BRICS e no processo de integração latino-americana, como é o caso saliente da CELAC, que desafiam a sua hegemonia  A barragem de desinformação em torno do Brasil regressou ao apogeu nestes dias. Escassos meses após a reeleição de Dilma Rousseff, a grande burgues...
27/2/2015 Altamiro Borges
20150227_Maduro.Dilma.Cristina
Os três países têm vários traços em comum. Em todos eles, a direita partidária sofreu duras derrotas eleitorais nos últimos anos. Forças contrárias ao neoliberalismo, com suas nuances e ritmos diferenciados, chegaram ao governo – e não ao poder  Diante desta onda reacionária, os governantes dos três países (Argentina, Venezuela e Brasil) são chamados a enfrentar a “guerra d...
20141127_Brasil.Dilma
A grande burguesia não tendo podido derrotar a candidata do PT,  vai continuar a pressionar abertamente (e a ser provavelmente atendida) pela composição de uma equipe econômica instalada no coração do governo que satisfaça os  “imperativos dos mercados”  As eleições do Brasil suscitaram as atenções da comunicação social mundial. Em grande medida, fez uma cobertura ...
20141028_Dilma.Lula.jpg
A militancia de esquerda gañou as rúas de todo o país; a segunda volta foi dunha clara contraposición entre esquerda e dereita, o que configurou a viraje e o triunfo de Dilma Por cuarta vez consecutiva, o Partido dos Trabalhadores (PT) gaña as eleccións presidenciais en Brasil que, tamén por cuarta vez, se converteron nun plebiscito entre candidatos do PT e do PSDB (Partido da Social Demo...
20141020_neoliberalismo.faixa.jpg
O neoliberalismo do século XX foi uma tragédia. Um neoliberalismo do século XXI seria uma nova tragédia e uma farsa. O neoliberalismo surgiu com o diagnóstico de que a economia capitalista deixava de crescer por excesso de regulamentações. “O Estado não é uma solução, é o problema”, não se cansou de proclamar Ronald Reagan. O que seria problema no Estado seria o excesso de limit...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com