Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
A luta pela independência na Escócia não terminou apesar do voto do medo
29/09/2014Tariq Ali
O medo conduz à passividade e ainda que neste caso os unionistas tenham conseguido meter medo no voto, talvez não sejam capazes de voltar a fazê...
Como enfrentar os fundos abutres e o imperialismo financeiro
29/09/2014Éric Toussaint
Eric Toussaint A dívida já que se converte, novamente, em um poderoso instrumento de subordinação dos povos da América Latina. Que será...
A austeridade neoliberal ameaza con máis sufrimento
29/09/2014Albert Recio Andreu
Seguimos baixo o dominio dunhas políticas deseñadas para garantir unha distribución da renda extraordinariamente favorábel ás grandes elites e...
EUA: Um estado inimigo da Humanidade
26/09/2014Miguel Urbano Rodrigues
A contra-ofensiva imperialista iniciada logo após o final da II Guerra Mundial intensificou-se na década de 80 do século passado e atingiu dimen...
Geopolítica do petróleo e gás natural
26/09/2014Rui Namorado Rosa
A energia, colocando severos problemas técnicos quanto ao seu armazenamento em larga escala, carece de vastas infra-estruturas de transporte e dis...
“Caos Controlado”
26/09/2014Ângelo Alves
Analogias entre Jugoslávia e Ucrânia
24/09/2014Stephen Karganovic
O triunfo cultural do neoliberalismo
24/09/2014Marcos Roitman Rosenmann
Venezuela
22/4/2014 Alexander Main // Vermelho
Os venezuelanos têm bons motivos para exprimir seu descontentamento diante de um poder que sofre para transformar as estruturas do país (aparelho produtivo, sistema fiscal...). Os protestos recentes foram assumidos por uma ala da oposição que tem apenas um objetivo: derrubar o presidente Nicolás Maduro, eleito. Os protestos recentes foram assumidos por uma ala da oposição que tem apenas um...
25/2/2014 Salim Lamrani // Rebelión
Os medios occidentais, lonxe de presentar os acontecementos dramáticos ocorridos en Venezuela con toda imparcialidade, tomaron partido a favor da oposición golpista e contra o Goberno democrático e lexítimo de Nicolás Maduro. Non vacilan en manipular a opinión pública e presentan a situación como un levantamento popular masivo contra o poder. Como en 2002, a oposición radical, incapaz de...
20140224_Venezuela.marcha.bolivariana.jpg
A Revolução Bolivariana enfrenta hoje uma guerra económica - a expressão é de Maduro - que é simultaneamente uma guerra psicológica, política e social. Nesse contexto, o Presidente da Venezuela ao alertar o seu povo para a cumplicidade de Washington na montagem de «um golpe de estado» denunciou o envolvimento em atividades conspirativas da oposição de três funcionários consulares dos...
21/2/2014 Ângelo Alves // Avante
Legitimado por duas fortes vitórias eleitorais o governo de Nicolas Maduro pôs em marcha um «plano de pacificação» da sociedade venezuelana e aprovou um conjunto de medidas que aprofundam ainda mais o carácter progressista de orientação socialista do processo venezuelano e que acossam ainda mais as hordas do poder económico reaccionário e fascista venezuelano. Já passaram 12 anos sobr...
Federico Fernández Ackermann cunha das fotos máis emblemáticas da súa carreira
Morreu Federico, o meu amigo Federico, un dos mellores fotógrafos de Venezuela e segundo a especialista alemá residente en Suíza, Erika Billeter, un dos mellores da historia da fotografía latinoamericana.  A vida de Federico está indisolubelmente vencellada a Galiza e á loita guerrilleira da Venezuela dos anos 60.  O seu pai, o mítico comandante Soutomaior, alista un Federico m...
6/6/2013 Luís Carapinha // Avante
A Venezuela está imersa num processo revolucionário com características próprias em muito inéditas. Num percurso sinuoso, partindo de uma revolução de libertação nacional que se procura consolidar na via de uma transição socialista, corajosamente assumida por Chávez em 2006 e reiterada pelo actual Presidente, Nicolás Maduro, o país vive as contradições de um processo de transforma...
26/4/2013 Luismi Uharte // Gara
A axustada vitoria do movemento bolivariano nas eleccións do pasado 14 de abril, ademais da sorpresa xerada por un resultado inesperado abriu un escenario de alto risco para o futuro da Revolución Bolivariana.  Por que? Ao longo da campaña electoral, os principais indicadores sinalaban que o chavismo colleitaría un triunfo similar ao obtido en outubro de 2012. Por unha banda, as enquisas...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com