Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Portugal: Sanções, FMI e cegueiras
24/08/2016Sandra Monteiro
A arquitectura da União Europeia neoliberal, mais ou menos punitiva, está formatada para impor a Portugal desemprego, salários baixos, emigraçã...
A nova doutrina estratégica Turca
23/08/2016Thierry Meyssan
A nova doutrina estratégica Turca conduziu já Ancara a restaurar boas relações, pelo menos comerciais, com vários dos seus vizinhos. No fim de ...
A lógica do capitalismo neoliberal
22/08/2016Prabhat Patnaik
Os dias tranquilos do neoliberalismo estão acabados, o que portanto traz para a agenda histórica uma luta pela sua transcendência. Isto pode ser ...
Francia: despois da tormenta, chega o naufraxio
22/08/2016Albert Alexandre
A reacción pola dereita que a viraxe cara ao socialiberalismo do PSF supuxo co crecemento da Fronte Nacional, ten o seu parangón positivo pola esq...
Portugal: Os incêndios florestais (por trás das chamas…)
22/08/2016João Dinis
As políticas impostas pela PAC (Política Agrícola Comum) e por outros «acordos» internacionais e as erradas opções no plano nacional, a polí...
Guerras e crises na África de hoje
22/08/2016Carlos Lopes Pereira
50 verdades sobre Fidel Castro
17/08/2016Salim Lamrani
A OTAN como ameaza á paz mundial
17/08/2016Augusto Zamora R.
Estados Unidos
27/12/2010 Kamil Mahdi // ODiario.info
Os Estados Unidos continuam a pintar um panorama cor-de-rosa sobre o progresso no Iraque, mas a realidade é a de pobreza extrema, de violência, de tortura e de corrupção política num país que ainda sofre as sanções, a invasão e o saque imperial e contínuo dos seus recursos.  Continuam a recorrer à guerra e às sanções para manipular e controlar o Iraque. O recente livro de Joy G...
Existem presentemente três ameaças principais para a posição dominante da América na economia global: perda de peso económico graças à quota minguante do comércio mundial, declínio da inovação tecnológica americana e fim da situação privilegiada do dólar enquanto divisa de reserva global. Quatro cenários para o fim do século americano em 2025  Uma aterragem suave para a Am...
3/12/2010 James Petras // Rebelión
20101203_eeuu-recortes.sociais.jpg
Os programas sociais e fiscais máis importantes e populares de Estados Unidos vense ameazados por unha autodenominada «Comisión Nacional de Responsabilidade Fiscal e Reforma», bipartidista. Foi creada polo presidente Obama o 18 de febreiro de 2010 e está copresidida por quen desde hai moito tempo son dous adaíles de Wall Street: o ex senador Simpson (republicano, por Wyoming) e Erskine Bowle...
3/12/2010 Niko Schvarz // Vermelho
As centenas de documentos descobertos pela WikiLeaks, que deixaram nua a diplomacia dos Estados Unidos, fornecem informações importantes sobre muitos aspectos da realidade internacional. Por exemplo, a postura dos Estados Unidos ante o golpe de Estado em Honduras.  As redes americanas e outros meios de comunicação têm tentado diminuir o significado, argumentando que tudo já era conheci...
20101203_OTAN.lisboa.protesta.jpeg
A Cimeira de Lisboa tiña un obxectivo claro e acadouno, este era o de abrir  camiño para unha ofensiva global da organización contra aqueles que se opoñen aos designios da actual orde internacional definida polos Estados Unidos e os seus aliados, o novo camiño terá por base o novo conceito estratéxico que foi aprobado por unanimidade na Cimeira de xefes de estado e goberno.  O do...
20101201_eeuu.imperio.jpg
Os EUA se tornaram uma potência imperial na disputa pela sucessão da Inglaterra como potência hegemônica, com a Alemanha. As duas guerras mundiais – tipicamente guerras interimperialistas, pela repartição do mundo colonial entre as grandes potências, conforme a certeira previsão de Lenin – definiram a hegemonia norteamericana à cabeça do bloco de forças imperialistas.  No fina...
30/11/2010 // Vermelho
Com a revelação de mais de 250 mil novos documentos sobre as atividades de espionagem dos Estados Unidos em todo o planeta neste domingo (28), o site WikiLeaks mostra a face verdadeira da diplomacia estadunidense, que trabalha com o objetivo de prolongar o domínio imperial sobre o planeta.  Os 250 mil documentos foram divulgados por vários jornais internacionais e mostraram que os Estado...
cig.prensa@galizacig.com