Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Cara a unha Terceira Guerra Mundial?
18/12/2014Atilio A. Boron
A historia apréndenos que todas as transicións xeopolíticas globais -e estamos inmersas nunha delas- estiveron acompañadas por grandes guerras ...
NATO: Perigo para a paz mundial
18/12/2014Immanuel Wallerstein
A NATO e o que ela simboliza hoje representa um perigo severo devido à reivindicação dos países ocidentais do direito de interferir em qualquer ...
Capitalismo e corrupção
18/12/2014Albano Nunes
A corrupção é sistémica. É algo inerente ao funcionamento do sistema capitalista. Não se toca nos offshore nem se avança sequer na taxação ...
A crise xaponesa e nós
17/12/2014Albert Recio Andreu
Nas economías capitalistas sempre que existe estancamento económico se traduce en paro masivo, expansión da pobreza e variedade de sufrimentos hu...
O Tratado Transatlántico de Comercio e Investimentos (TTIP) e a arquitectura da impunidade
15/12/2014Juan Hernández Zubizarreta
Co TTIP procédese á harmonización normativa á baixa; é dicir, se o control financeiro é máis estrito en EEUU, harmonizar tendo en conta a reg...
A terceira guerra mundial
15/12/2014Boaventura de Sousa Santos
A importância do "Económico"
15/12/2014Prabhat Patnaik
O irrespirável ar da América
11/12/2014António Santos
América Latina
29/9/2014 Éric Toussaint // CADTM
Eric Toussaint A dívida já que se converte, novamente, em um poderoso instrumento de subordinação dos povos da América Latina. Que será um instrumento, nos anos vindouros, para impor novamente políticas neoliberais como se está fazendo na Europa, de onde venho e que atualmente é o epicentro da ofensiva do capital contra o trabalho, dos credores contra os devedores Em primeiro lugar ...
As organizacións que suceden os neoliberalismos fracasados son socialistas, en vías cara ao socialismo ou afíns con el. De Marx toman a loita de clases e a necesidade da Revolución; de Lenin, o antiimperialismo. Porén, ningunha sostén que o paso ao socialismo deba ser a culminación dun desenvolvemento capitalista extremo 1 A fins do século XX o futuro de América Latina e o Caribe parecí...
18/8/2014 Igor Fuser // Vermelho
Na América Latina, o imperialismo se encontra em plena ofensiva para destruir o campo político progressista que tem como expressões mais importantes a Venezuela, a Argentina e o Brasil O imperialismo se encontra em plena ofensiva para destruir o campo político progressista. Em 1992, no contexto do fim da Guerra Fria e da vitória militar dos Estados Unidos sobre o Iraque na 1ª Guerra do G...
20140306_Maduro.Morales.Castro.jpg
É hora de um balanço das trajetórias percorridas por esses governos, desde o triunfo de Hugo Chavez, em 1998, passando por todos os avanços e tropeços desde então, na perspectiva da formulação consciente de estratégias de hegemonia pós-neoliberal, tomando em conta as forças próprias e as dos adversários, assim como nossos objetivos estratégicos. O movimento de governos progressista...
21/11/2013 Harrison Samphir
Nos últimos 30 ou 40 anos, ambos os partidos que comandam a política institucional dos EUA inclinaram-se para a direita. Os democratas de hoje são, basicamente, aquilo que se costumava chamar, há tempos, de republicanos moderados. E os republicanos foram tanto para a direita que simplesmente não conseguem votos, na forma tradicional. - Gostaria de começar com a paralisação recente do gove...
Há três tipos de luta de classes atualmente. Primeira: a luta popular contra a burguesia. Segunda: a das mulheres pela emancipação – e não devemos pensar somente no Ocidente, onde as primeiras a serem afetadas e demitidas em uma situação econômica difícil são as mulheres. E terceiro: a de todos os povos oprimidos. - Como podemos classificar o atual momento do liberalismo no século XX...
30/9/2013 Emir Sader // Página 12
20130930_reunion.paises.ALBA-2013.jpg
America latina non podía funcionar. Foi creada polos colonizadores para non funcionar, para ser eternamente subalterna ao mundo “civilizado”. Para lle entregar as súas materias primas e a súa forza de traballo superexplotada e honrar os seus señores europeos. América latina foi colonizada para ser colonia e sentirse colonizada e supeditarse ás metrópoles e ao Imperio.  Aínda mái...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com