Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
A desfeita das políticas de austeridade
28/10/2014Vicenç Navarro
O xeito de reducir o déficit e a débeda públicos dun país non é aplicando políticas de austeridade. Estas políticas reducen a demanda de ben...
O Brasil de Lula segue para diante
28/10/2014Emir Sader
A militancia de esquerda gañou as rúas de todo o país; a segunda volta foi dunha clara contraposición entre esquerda e dereita, o que configuro...
Entrevista a Tom Kucharz: “O TTIP é un ataque sen precedentes contra dereitos sociais e laborais»
28/10/2014
Hai unha intención de crear unha OTAN económica, que sería ese pacto económico-comercial UE e EEUU, que faría máis forte ambas as potencias, ...
Capitalismo e discriminação entre trabalhadores
23/10/2014Prabhat Patnaik
O capitalismo, portanto, actua para segmentar romper a classe trabalhadoras de dois modos bastante distintos: um pela promoção da competição en...
EUA: Guerra ao EI é cortina de fumaça para guerra contra Síria e Irã
22/10/2014Mahdi Darius Nazemroaya
A chamada “ameaça” do Estado Islâmico no Iraque e Levante, ou Estado Islâmico (EI) é cortina de fumaça. A força do EI foi deliberadamente...
Neoliberalismo século XXI?
21/10/2014Emir Sader
Orzamentos do Estado 2015
16/10/2014María do Carme García-Negro
A terceira guerra de Iraq
14/10/2014Ignacio Ramonet
guerra
20141014_iraq-soldado.eeuu.jpg
Como as dúas precedentes, e tras case vinte e cinco anos de enfrontamentos, esta nova guerra non conseguirá o seu obxectivo. Primeiro porque nunca se gañou unha guerra unicamente con bombardeos aéreos, e segundo porque, sinxelamente, os obxectivos desta guerra non están nada claros O 11 de setembro pasado -data máis que simbólica- o presidente de Estados Unidos, Barack Obama, dirixiuse á...
8/10/2014 Luís Carapinha // Avante
É improvável que ao decidir levar o golpe até ao fim e instalar no poder em Kiev uma Junta liberal-fascista, Washington e Bruxelas não estivessem cientes das trágicas consequências para a Ucrânia que tal desfecho acarretaria. Sacrificaram o futuro da Ucrânia aos seus interesses estratégicos e agenda agressiva Se alguém desejar conhecer em pormenor como se desfaz e empurra para o abismo...
26/9/2014 Ângelo Alves // Avante
O nascimento do ISIS (sigla do estado islâmico do Iraque e do levante, agora renomeado «estado islâmico») está ligado a dois importantes factores: a estratégia dos EUA de instigação à divisão sectária entre sunitas e xiitas no Iraque, e as manobras conspirativas e de ingerência contra a Síria Quando no passado fim-de-semana se assinalava o Dia Internacional da Paz caças franceses b...
20140919_stop.ISIS.jpg
A menos que o Califado desmorone no futuro próximo (o que parece muito improvável), este esforço militar irá em breve expor uma vez mais os limites das capacidades militares dos EUA, bem como a inconsistência das suas posições públicas sobre o Iraque, a Palestina e a Ucrânia Nos infindáveis realinhamentos geopolíticos do Médio Oriente, o Califado do Estado Islâmico (antes ISIS ou IS...
19/9/2014 Ilda Figueiredo // Avante
20140919_paz.jpg
A loucura da guerra é uma ameaça cada vez maior sobre os povos do Mundo, incluindo da Europa, como dramaticamente se vê todos os dias nas afirmações de líderes que se julgam donos do Mundo: EUA, NATO e seus aliados da União Europeia. Mas a guerra não é inevitável A crescente agressividade de EUA e seus aliados da União Europeia, designadamente no âmbito da NATO, não é alheia às su...
15/9/2014 Jorge Cadima // Avante
O Estado-Maior da guerra imperialista, a NATO, realizou uma Cimeira há poucos dias. O extenso comunicado final da Cimeira é alucinante. O ataque à Rússia foi o tema forte nesta Cimeira do Delírio. Mais uma vez, a guerra e a mentira andam de mãos dadas, ao serviço do imperialismo. O chefe político da NATO é o dinamarquês Rasmussen, que deve o seu actual cargo (tal como o presidente cessa...
29/8/2014 James Petras // ODiario.info
20140828_obama.protesta.jpg
Reina o caos em África, no Médio Oriente, na América Central e em Detroit. Toda a fronteira dos EUA com o México se tornou um centro militar de detenção, um campo prisional multinacional. A fronteira está irreconhecível para a nossa geração. Reina o caos nos mercados, mascarado de sanções de natureza comercial: ontem o Irão, hoje a Rússia, amanhã a China Introdução O caos está i...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com