Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Análise da conjuntura política brasileira
23/09/2016João Pedro Stédile
O golpe não conseguiu legitimar-se. No jurídico se evidenciou a contradição na manutenção dos direitos da President. E nas ruas, perdeu a legi...
Bratislava : a cimeira da mesquinhez
23/09/2016Thierry Meyssan
Três meses após a decisão dos eleitores britânicos em sair da União Europeia, os seus chefes de Estado e de governo —com a excepção do Prim...
O consenso de Bruxelas
23/09/2016Ângelo Alves
Salvar a Europa significa derrotar a União Europeia e o consenso que apesar das contradições emergentes parece prevalecer entre direita e social-...
Brasil, o elo mais frágil do neoliberalismo na América Latina
22/09/2016Emir Sader
Apesar da realização do sonho da direita de recuperar o controle do governo, as bases em que o faz são extremamente frágeis, fazendo do Brasil o ...
Cartografía da loita de clases en América Latina e o Caribe: Posneoliberalismo vs. Capitalismo offshore
22/09/2016Katu Arkonada
O devalo da hexemonía estadounidense, xunto co rol cada vez máis ambicioso de China e Rusia no taboleiro xeopolítico, xera condicións máis favo...
O Decálogo “neo-neoliberal”
20/09/2016Ava Gomez e Alejandro Fierro
Os golpes de Estado de ontem e de hoje
15/09/2016Marcos Roitman Rosenmann
guerra
Três meses após a decisão dos eleitores britânicos em sair da União Europeia, os seus chefes de Estado e de governo —com a excepção do Primeiro-ministro do Reino Unido— reuniram-se em Bratislava para dar um novo alento à UE.  Esperava-se uma reflexão sobre o que havia conduzido ao Brexit, e sobre o que conviria fazer da União. Não foi o caso. Os 27 contentaram-se em lembrar o ...
Assim como a guerra preventiva contra o terror» de Bush a doutrina Obama tem sido igualmente desastrosa. As guerras de Obama disfarçam-se para produzir poucas baixas americanas (ou nenhuma), já que realizam quase inteiramente pelo ar e através de aviões não tripulados operados por controlo remoto, a milhares de quilómetros  Agora que os americanos lançaram outra guerra aérea contra ...
1/9/2016 Jorge Cadima // Avante
A guerra de agressão à Jugoslávia foi a primeira guerra na Europa após 1945. Foi a primeira guerra aberta desencadeada pela NATO e uma violação aberta do Direito Internacional  Slobodan Milosevic morreu há dez anos nos calabouços do «tribunal» especial criado pelos carrascos da Jugoslávia, o ICTY. Seguindo o guião usual, o presidente (repetidamente eleito) Milosevic fora pessoalm...
1/9/2016 Pedro Guerreiro // Avante
Responsáveis por todos os grandes conflitos militares da actualidade, os EUA, a NATO, as grandes potências da UE levam a cabo todo um amplo e multifacetado conjunto de operações de desestabilização e de agressão contra estados soberanos  Entre as linhas centrais da ofensiva do imperialismo, inclui-se o sistemático ataque à soberania dos povos e, particularmente, a estados que, afirm...
O fluxo de refugiados e deslocados, hoje já sem as muitas capas e noticiários que encheu até Março deste ano, tem uma dimensão que é muitas vezes negligenciada pelos órgãos que fabricam opinião e notícia. Falar sobre e compreender esse fenómeno implica uma percepção de dimensão e escala.  Dados de Junho do Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas, indicam que no...
As actuais guerras africanas têm um traço comum: a ingerência estrangeira. É velha a estratégia imperialista de fomentar conflitos armados e divisões étnicas e religiosas para melhor dominar os povos e explorar as suas riquezas  Não são boas as notícias que chegam de África. Persistem guerras em diferentes países e surgem ou prolongam-se crises políticas noutros.  As actua...
20160819_cartaz.yankee.go.home.jpg
A estratégia de Washington de golpes ilegais e violentos para manter a ilusão de império estende-se através do globo, indo desde Trump nos EUA a Putin na Rússia, desde Erdogan na Turquia a Maduro na Venezuela e Xi Jinping na China. O conflito é entre o imperialismo dos EUA-UE apoiado pelos seus clientes locais contra regimes endógenos enraizados em alianças nacionalistas  Washington ...
cig.prensa@galizacig.com