Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
O novo estado da vigilância global
08/02/2016Ignacio Ramonet
Cada clique, cada telefonema, cada compra no cartão de crédito e cada navegação na internet, fornecem excelentes informações sobre cada um de ...
Portugal: pressões e chantagens
08/02/2016Pedro Guerreiro
Para a UE, para a troika e os seus arautos não há restrições ao aumento do défice quando se trata de financiar o grande capital financeiro, ape...
Nova lei anti folga dos conservadores na Gran Bretaña
29/01/2016Clodomiro Montero e Luciano Luxilde
O goberno de David Cameron, aliado e amigo do Rajoy, defende unha nova lei que restrinxe gravemente a liberdade sindical, nomeadamente o dereito de ...
“El Jefe”, retrato da precariedade laboral nos USA
27/01/2016Clodomiro Montero M.
O grupo de comunicación Atresmedia, que conta entre as súas cadeas co canle de referencia da progresía española “La Sexta”, emite un programa...
O imperialismo contemporáneo
20/01/2016Samir Amin
A ofensiva actual do imperialismo colectivo dos Estados Unidos/Unión Europea/Xapón contra todos os pobos do Sur descansa sobre dous alicerces: o ...
Arxentina, Venezuela e a loita de clases
18/01/2016Ángel Guerra Cabrera
Os BRICS: unha fábula do noso tempo
15/01/2016Immanuel Wallerstein
A década da Bolívia
15/01/2016Luís Carapinha
guerra
19/1/2016 Manlio Dinucci
Com a guerra do Golfo nasceu a estratégia que conduziu a guerras sucessivas sob o comando estadunidense, apresentadas como “operações humanitárias de manutenção da paz”: Iugoslávia  1999, Afeganistão 2001, Iraque 2003, Líbia 2011, Síria desde 2013  Há vinte e cinco anos, nas primeiras horas do dia 17 de janeiro de 1991, começava no Golfo Pérsico a operação “Tempesta...
20160107_pintada.democracy.jpeg
Os mantras neoliberais de crescimento e competitividade não são capazes de reduzir significativamente os níveis de desemprego. Como resultado, podem forçar a transferência de riqueza dos estratos mais baixos para os mais ricos  Foi um mau ano para os partidos no poder que enfrentaram eleições. Eles vêm sofrendo derrotas completas ou ao menos relativas. O foco tem se voltado para as e...
4/1/2016 Pedro Guerreiro // Avante
A solução para a grave situação na Síria exige o efectivo respeito da soberania, da independência, da unidade e da integridade territorial da República Árabe Síria e não a ingerência e a intervenção externa com vista à imposição de uma dita «mudança de regime»  A resolução 2254, sobre a situação na Síria, adoptada unanimemente pelo Conselho de Segurança das Nações ...
15/12/2015 José Goulão // Vermelho
O Isis ou Estado Islâmico vive e desenvolve-se a petróleo, petróleo de sangue tendo em conta as suas atividades. Há elementos suficientes para não existirem dúvidas de que os seus principais financiadores são petroditaduras como a Arábia Saudita e o Catar  O chamado Estado Islâmico, ou Isis, ou Daesh – um dos muitos heterônimos da rede terrorista mundial de índole “islâmica...
A ameaça terrorista contribuirá para que mais cortes sociais e mais pobreza não sejam contestados: as novas leis “Patriot” e o aumento das mordaças aos críticos se propagarão: todos os cidadãos, exceto os governantes, serão suspeitos de terrorismo 1. Quais são as mentiras dos atentados do dia 13 de novembro, em Paris para que o presidente Hollande utilize a palavra “guerra” no co...
26/11/2015 Pedro Guerreiro // Avante
Perante a resistência da Síria e o apoio concertado da Rússia, do Irão e do Iraque à sua luta, na sequência dos atentados de Paris e a pretexto do combate ao grupo «Estado Islâmico», ensaia-se um novo passo na ingerência e agressão do imperialismo contra a Síria  A decisão da Federação Russa de apoiar militarmente a Síria, face à brutal agressão executada por grupos que sã...
26/11/2015 Inês Zuber // Avante
Na verdade, foi do apoio dos EUA, NATO, UE e ditaduras do Golfo a mercenários fanáticos religiosos, entre os quais a Al-Nusra, um dos braços da Al-Qaeda, que surgiram as condições para que, de um momento para o outro, o mundo assistisse ao aparecimento misterioso e súbito do «Estado Islâmico».  Os atentados terroristas que aconteceram há dias em Paris, tais como os que tinham acont...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com