Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
Artigos de opinión
Grécia: Por que se deve realizar uma auditoria da dívida?
25/03/2015Éric Toussaint
A auditoria demonstrará que uma parte muito grande da dívida grega contraída tanto no período precedente à intervenção da Troika como no post...
Por trás das sanções da Casa Branca contra a Venezuela
25/03/2015Mark Weisbrot
Os governos latino-americanos compreenderam esta estratégia de impor novas sanções à Venezuela vista como uma grave ameaça à democracia na reg...
Dez claves para entender a “lex mercatoria”
25/03/2015Juan Hernández Zubizarreta e Pedro Ramiro
A oposición frontal das grandes potencias e dos lobbies transnacionais á creación de normas que poidan poñer en risco as súas perspectivas de n...
A pobreza em Portugal
25/03/2015Maria do Carmo Tavares
A pobreza em Portugal sempre assumiu grande extensão e intensidade, a ela estão associadas profundas desigualdades sociais, acumulação de riquez...
O capitalismo no país das maravilhas
23/03/2015António Santos
Há actualmente 15 milhões de crianças com fome nos EUA. Destas, 1,5 milhões não tem casa. Com efeito, na lista de países que melhor protegem a...
Brasil na encruzilhada
23/03/2015Luís Carapinha
Pensar as crises
11/03/2015Antoine Casanova e Remy Herrera
Grecia: Saír do euro ou suicidio político
09/03/2015Héctor Illueca Ballester
José Luís Fiori
20090616_ratzinger.merkel
As evidências são cada vez maiores de que Alemanha da Sra. Merkel está tentando reproduzir a estratégia da Prússia, a sua antepassada do século XIX. Com uma novidade: uma sintonia ideológica e religiosa cada vez mais fina entre Berlim e o Vaticano. “Por Deus e contra a Turquia”, lema da democracia-cristã alemã, na campanha para o Parlamento Europeu. Pode parecer estranho,...
20090525_protesta.cartaz.thatcher
A crítica ou o entusiasmo apressado, às vezes esquece que existe um parentesco essencial entre as políticas econômicas de filiação neoclássica e keynesiana, que pertencem à mesma família ideológica liberal e anglo-saxônica, e são estratégias complementares e indissociáveis dentro do sistema capitalista. A história da segunda metade do século XX transformou a eleição da sen...
A esquerda keynesiana interpreta de forma máis ou menos converxente a nova crise económica mundial que comezou no mercado inmobiliario norteamericano e espallouse polas veas abertas da globalización financeira. Seguindo o argumento clásico de Hyman Minsky (1) sobre a tendencia endóxena das economías monetarias á "inestabilidade financeira", as burbullas especulativas e os períod...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com