Portada
Temas
Confederal
Sectores
Entrevistas
Opinion
Multimedia
Contacta
 
 
Artigos de opinión
Francia: non é o 68 mais si o parece
31/05/2016Carlos Aznárez
Se esta mobilización popular non fose suficiente para o pulso que libra coas políticas neoliberais representadas por Hollande, os sindicatos saben...
Brasil, chave do futuro da América Latina
31/05/2016Emir Sader
A eventual destituição de Dilma e o final da experiência de governo do PT no Brasil aparece, para a direita continental, como o que seria uma vir...
A natureza da crise sistêmica global: às vésperas do choque das placas tectônicas do capital
30/05/2016Edmilson Costa
Mesmo com toda a ofensiva do capital, o quadro de aparente calmaria pode mudar bruscamente se as massas se colocarem em movimento. Todas as revoltas...
Colonialismo, Neocolonialismo e Balcanização: As três idades de uma dominação
30/05/2016Said Bouamama
À mutação da base material do capitalismo corresponde uma mutação das formas da dominação política. O principal objectivo já não é instal...
A partida de xadrez xeopolítica EEUU-Rusia en América Latina
27/05/2016Germán Gorraiz Lopez
As medidas cosméticas tomadas pola Administración Obama no seu primeiro mandato, a respecto de Cuba, deixan intacto o bloqueo e non cambian substa...
O novo cenário brasileiro
27/05/2016Immanuel Wallerstein
Estratégia do golpe global
27/05/2016Manlio Dinucci
Venezuela
26/05/2016Pedro Guerreiro
Erdogan
15/3/2010 Lejeune Mirhan // Vermelho
Com Erdogan a partir de 2002, as coisas em Turquia podem estar mudando. Percebe-se hoje, de fato, uma maior presença da religião islâmica na vida política do país, na sociedade como um todo. Mas isso não significa uma islamização do país. Longe disso. O que vem ocorrendo é que provavelmente o Partido AKP de Erdogan, de um islamismo mais moderado e que nunca defendeu um estado islâmico,...
Engadir ao calendario
cig.prensa@galizacig.com